Boletim de Ocorrência de Furto

Forma de Atendimento:

Integralmente na Web

Quanto custa:

Gratuito

O que é

Boletim de Ocorrência (B.O.) é o documento oficial utilizado pelos órgãos policiais para registrar perda (B.O. de Extravio), furto (B.O. de Furto) ou roubo (B.O. de Roubo) de objetos e documentos pessoais do declarante (a pessoa que relata o acontecido).

Este serviço da Delegacia Eletrônica, portal do governo do Estado, oferece a possibilidade de você fazer o B.O. de Furto sem sair de casa ou se ausentar do local de trabalho. Para ser registrado, o fato deve ter acontecido no Paraná.

ATENÇÃO! O crime de furto é caracterizado pela ausência de violência ou de ameaça grave contra a vítima.

Se a vítima sofreu agressão, trata-se de roubo e não é possível fazer o boletim pela internet. Neste caso, a recomendação é uma só: procure a delegacia mais próxima.

Para casos de perda, utilize o Boletim de Ocorrência de Extravio.

Como registrar

Acesse o site da Delegacia Eletrônica do Paraná para preencher o B.O. online.

Insira seus dados pessoais (nome, filiação, data de nascimento, RG, CPF, endereço, e-mail e telefone). Os campos com asterisco (*) são de preenchimento obrigatório.

Como o sistema não confere as informações, para que seu B.O. seja devidamente validado cadastre-o com atenção. Relate os objetos furtados e faça uma descrição de fácil entendimento do fato ocorrido.

Ao final do boletim, clique no local indicado para receber por e-mail o código de validação. Copie o código recebido, mantendo as maiúsculas e/ou minúsculas, volte à página do registro e cole no local indicado. Clique em "continuar".

Prazo

O conteúdo do B.O. passa por um processo de análise por policiais civis especializados. Caso haja alguma dúvida, você será contatado para esclarecimentos adicionais.

O que diz a Lei

A comunicação falsa de crime ou contravenção, ensejando a ação de autoridade em razão de um fato que se sabe não ter acontecido, prevê multa ou pena de um a seis meses de detenção, de acordo com o artigo 340 do Código Penal Brasileiro.